A ADEP-MS (Associação das Defensoras e Defensores Públicos de Mato Grosso do Sul) vem a público manifestar repúdio ao vídeo que está circulando nas redes sociais, grupos de WhatsApp e na imprensa local, onde constam alunos do curso de formação para o cargo de Investigador de Polícia de MS, que por instrução dada, proferem dizeres ofensivos e de menosprezo ao cargo de Escrivão de Polícia.

A Associação acredita que todas as carreiras, seja da Polícia Civil ou de qualquer outro órgão, devem ser valorizadas e respeitadas, e que ao invés de incentivar a discórdia, é preciso fomentar a união de toda a categoria.

Independente do cargo, a dignidade e o respeito ao ser humano e a ética profissional é indispensável para que se possa ter um ambiente de trabalho mais justo, fluído e sem distinção de funções, pois todos os cargos são essenciais para o andamento de um órgão e de uma missão.

Assim, a ADEP-MS informa seu posicionamento de repúdio a qualquer forma de desrespeito profissional e manifestação antiética que desvaloriza a função do servidor público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *