A Defensora Pública e Associada da ADEP-MS, Dra. Jamile Gonçalves Serra Azul, vem realizando mensalmente a “Oficina das Famílias”, de forma virtual, criada para ajudar as partes envolvidas em um processo a entender melhor conflitos familiares, como a guarda, alimentos e divórcio, por meio da perspectiva do direito sistêmico. O projeto ocorre em sua comarca, no município de Corumbá.

De acordo com Jamile, a ação é uma adequação da Oficina de Parentalidade do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), idealizado pela Defensora Pública Patrícia Pithan Pagnussat Fan, do Rio Grande do Sul, adaptada à realidade do público da Defensoria.

Os encontros ocorrem via aplicativo Google Meets e já têm rendido bons frutos.  “O resultado tem sido gratificante, com uma avaliação de mais de 90% dos usuários de que sua participação foi muito útil, refletindo também no aumento do número de acordos”, destaca.

Ainda de acordo com a Defensora, magistrado, Defensoras e advogada também participaram do projeto, sejam como convidados ou para replicar a prática em suas cidades. “Uma coisa interessante é que já participaram da oficina o juiz da Vara de Família de Corumbá, Defensoras do Estado de São Paulo, Defensora de outra comarca do Estado e advogada de São Paulo”, conta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *