Para ajudar mulheres que precisavam de apoio jurídico em assuntos como pensão alimentícia e guarda dos filhos, a Defensoria Pública de Miranda, em parceria com o CREAS (Centro de Referência Especializada em Assistência Social) do município realizou mutirão no dia 18 de março.

As atividades foram realizadas em alusão ao Dia Internacional da Mulher, em 08 de março, e contou com atendimentos individuais promovidos pela Defensora Pública e associada da ADEP-MS, Dra. Maria Clara Morais Porfírio, e sua equipe feminina.

Pelo menos 20 mulheres selecionadas através de rastreamento junto ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e à Semast (Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho) foram atendidas. “Fizemos busca em nossos registros e identificamos as mulheres que precisavam do atendimento”, explica a psicóloga Luciana Bispo, coordenadora do Creas.

“Somos muito gratos a esta parceria com a defensoria. A doutora Maria Clara tem uma sensibilidade e um comprometimento com a comunidade que nos deixa muito felizes em podermos contar sempre com ela e sua equipe”, afirmou Carmem Florença, secretária titular da Semast.

A Dra. Maria Clara destaca que “apesar de ainda estar em atendimento pela plataforma, virtual em regra, foi um bom momento de fazer atendimento presencial e auxiliar as mulheres em situação de vulnerabilidade”.

(Foto: Luciano Justiniano)

(Com informações do site Bonito Mais)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *